Criei este blog, para poder voltar a fazer algo que adoro, que é escrever! Mas por alguma razão ou várias, acabei por o deixar adormecido no mundo da blogosfera! Renovada, vamos acordá-lo!!!

05
Ago 10

Talvez pelo facto de estar a viver uma nova fase na vida! E talvez também pelo facto de estar a conhecer-me novamente, encontrando forças desconhecidas, voltei com o desejo de acordar a minha vontade de escrever! Que sejam as maiores baboseiras ou as maiores verdades! Histórias de outros ou histórias próprias! Mas vou escrever!

 

Muitas vezes temos necessidade de expressar os nossos sentimentos, temos necessidade de falar com alguém e mesmo que estejamos rodeados de pessoas e amigos encontramo-nos sempre sozinhos. Nestas situações temos de encontrar uma maneira de libertar essa energia muitas vezes prejudicial.

 

Eu encontrei uma maneira libertadora de soltar essa energia, que é escrever! Escrever sobre tudo ou escrever sobre nada! Pois o simples facto de estar envolvida num texto acalma-nos e eleva-nos para um mundo completamente diferente da nossa realidade.

 

Muitas vezes também podemos inventar histórias e textos que nos levam a viajar no belo mundo da fantasia. O importante é fazê-lo e sentir-nos bem com isso!

 

Conheci alguém que também tinha um blog, como este, para escrever, para expressar os seus sentimentos e soltar a tal energia. E devo dizer que escrevia muito bem! Mas foi “obrigada” a destrui-lo, pois as pessoas à sua volta não aceitavam as suas opiniões, os seus pensamentos, criticando, aproveitando para lavar roupa suja ou para “cuscar” a vida alheia.

 

Pois eu vou manter este blog público para quem quiser ler devaneios ou não, porque acredito que escrever trata-se de liberdade. Trata-se de termos liberdade de nos expressar, liberdade de opinião, mesmo que muitas vezes possa interferir com a opinião de outros. Porque temos de saber ouvir a opinião dos outros mesmo que não concordemos com ela. E temos também que saber sermos maiores para ouvir critica e aceitá-las., desde que não ultrapassem os limites do senso comum.

 

Deixo um conselho para os que não entendem a minha perspectiva: agarrem uma folha de papel e uma caneta e comecem a escrever ideias, sentimentos, planos, sonhos, todo o turbilhão de coisas que existe dentro de vocês e observem como sabe bem e vos torna mais leves.

publicado por milcoisasdebettyboop às 12:24
Hoje estou: Feliz

Dezembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos
Sobre mim
pesquisar
 
favoritos

Escrever