Criei este blog, para poder voltar a fazer algo que adoro, que é escrever! Mas por alguma razão ou várias, acabei por o deixar adormecido no mundo da blogosfera! Renovada, vamos acordá-lo!!!

30
Nov 10

Parece mentira, mas a verdade é que ando às voltas com a cabeça à procura da prenda de Natal para o piralho cá de casa! Sempre que tenho uma ideia, rápidamente desisto.

 

Ora uma criança que (ainda bem!) têm tudo, o que havemos de lhe oferecer? Existem mil brinquedos no mercado que podemos oferecer, mas a verdade é que as crianças hoje em dia têm tudo e não dão valor a nada.

 

Roupa, já têm alguma e sinceramente dar roupa no Natal ao meu filho, não é coisa que goste. Para isso estão cá os avós, que gostam mais de oferecer essas coisas. Livros têm alguns e durante o ano vou sempre comprando mais, consoante o seu crescimento!

 

Ora depois de dar voltas à mioleira, aqui encontrei uma ideia:

 

 

Agora vamos ver o que diz o papá!!!

publicado por milcoisasdebettyboop às 13:48

Ser mãe é a coisa mais maravilhosa do mundo! Mas também pode ser o que nos pode "destruir" completamente. Talvez para muitos isto não faça sentido, mas para quem tenha passado por estas fases estranhas da maternidade talvez até faça muito sentido!

 

Ao contrário de muitas mamãs que conheço, eu adorei a minha gravidez, amei o meu barrigão e senti-me a mulher mais bonita do universo. Era assim que me sentia e que as pessoas à minha volta me faziam sentir. Na verdade parecia que trazia o "rei" na barriga!

 

Mas as coisas foram muito diferentes depois do meu mais que tudo nascer! O corpo não foi ao lugar como eu tinha planeado que iria, além que sofreu grandes alterações. Antes da gravidez era uma moçoila, bem magrinha. Tão magrinha que cheguei a pesar 50 míseros quilos! Durante a gravidez engordei 25 quilos. Ora para uma mulher que tinha um corpinho completamente sequinho, depois de uma gravidez deparar-se com um corpo completamente diferente... é um choque!

 

Para mim foi um choque... apesar de me fechar em copas... mas a verdade é que eu não me sentia nada bem comigo mesmo. Isto e muitas outras situações atiraram-me para o fundo do poço. Perdi a minha essência, perdi o gosto por mim mesma, escondi-me atrás da maternidade!

 

Hoje, aos poucos estou a sair desse buraco, com a ajuda do meu mais que tudo que é muito importante, com a ajuda dos amigos, mas essêncialmente com a minha própria ajuda. Estou a começar a descobrir-me e a gostar de mim novamente.

 

A verdade é que como eu existe muitas outras mulheres, muitas têm vergonha de falar sobre isso, pois acham que agora que são mamãs não têm de se preocupar com elas, que passam para segundo plano ou até terceiro. Outras não se apercebem sequer do que se passa com elas e deixam-se desaparecer atrás do novo papel.

 

É muito díficil a nova adapção do papel de mãe, de um momento para o outro somos o centro de um pequeno ser que nos suga todas as energias e atenções. Como vamos conseguir ainda ter energia para nós próprias?

 

O tempo e a nossa força de vontade é muito importante, por muito que as pessoas à minha volta tentassem me mostrar o que se passava, eu não queria ver e não estava preparada para ver. Tive de ter o meu tempo e por mim tive de ter força de vontade para "abrir" os olhos e olhar para o espelho que tantas pessoas me tentavam mostrar.

 

É essêncial para os nossos filhos que sintam que nos sentimos bem connosco próprias, pois isso vai fazê-los sentir seguros e ensiná-los a eles próprios sentirem-se bem com eles mesmos. Antes de mamãs, já eramos alguém! Estou a encontrar-me novamente... aos poucos!

publicado por milcoisasdebettyboop às 09:55

10
Nov 10
Não bastou no Mundial levar com esta cena. Não bastava ter ido ao Super Bock Super Rock e todas as noites ter dormido mal a ouvir esta merda... não bastava no Verão ter alguém no prédio vizinho ter passado o tempo todo a tocar esta coisa e agora depois de tanto tempo em silêncio. Lá volta a puta da vuvuzela!!! Pois para os estupidos e ignorantes que decidiram tocá-la de novo, escolheram mal o dia ou a noite! Passei o dia com o meu filho de 18 meses doente em casa, e para quem já passou pela experiência sabe que estes dias conseguem ser desgastantes.Entre birras e gritinhos! Entre as constantes pedidas de atenção e os choros por tudo e por nada, tinha a minha cabeça feita num oito. Finalmente estava a dormir descansado e eu podia relaxar um bocadinho sem estar stressada, nem preocupada. Estava sentada na janela a fumar um cigarro e a beber um copo de vinho para relaxar, quando derepente ouço mesmo ao pé de mim uma VUVUZELA... SIM UMA VUVUZELA! Pus logo a cabeça de fora para ver se conseguia ver de onde vinha aquele horrível som... e qual não é o meu espanto ao lado do prédio um carro branco com miúdos à volta e vejo aquela coisinha laranja ser escondida no banco detrás do carro. Nem pensei em mais nada, respirei fundo e mandei 2 berros! Só avisei uma vez se voltasse a ouvir aquela merda outra vez chamava a polícia! Estava capaz de descer as escadas e pegar naquilo e dar-lhes com aquilo até fazê-los chorar, tal não era a minha fúria! A sério que estava tão fora de mim, que tremia de tanta raiva. Mas nada disso foi preciso, pois puseram o carro a andar e foram-se embora. Ainda em género de provocação mandaram um sopro naquilo, mas estavam já na estrada em andamento e isso é que era importante. Detesto vuvuzelas, raios as partam todas! Mas hoje depois e um dia destes e quando o pequeno finalmente acedeu ao descanso, depois de 2 noites muito mal dormidas era capaz de lhes bater tanto, mas tanto. Era capaz de os morder a todos! ARRRRRRRREEEEE!!!
publicado por milcoisasdebettyboop às 22:33

09
Nov 10
Às vezes o amor é assim, turbulento... doí, arde... e sabe bem...
publicado por milcoisasdebettyboop às 14:38

Mais uma vez decidi começar uma dieta para acabar com os quilos a mais que ainda fiquei da gravidez! Perdi a maior parte, mas os meus 5 quilos de estimação teimam em não me abandonar!

 

Vai fazer quase 2 anos e ainda não consegui voltar ao meu peso anterior. A verdade é que fui para o ginásio que me ajudou a perder a maior parte, mas no verão parei e começei várias vezes a ter mais cuidado com a alimentação, mas depois quando olhava para as batatas fritas ou para um prato de frango com esparguete, lá se ia o plano.

 

Nunca passei do 1º dia, era muito díficil!

 

Mas esta semana tomei a decisão de perder estes 5 quilos até ao final do ano! E não posso desistir senão será uma vergonha...

 

Esta é a semana da sopa! Como nunca passo do 1º dia e como a 1ª semana é sempre a mais díficil, decidi ser radical! Esta semana só posso comer sopa e salada de alface às refeições. Como fruta e pão apenas de manhã com café e leite. À tarde um iogurte ou chá com uma torradinha!

 

Ontem foi o primeiro dia e portei-me bem! O mais díficil foi ver o meu filho e o marido a comer bife de novilho que tinha optimo aspecto.Buaáááá!

 

Mas sem sacrifícios, não vamos a lado nenhum!

 

Sábado é o único dia em que posso abdicar e comer o que me apetecer!

 

Vou conseguir!

 

publicado por milcoisasdebettyboop às 11:42

Novembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
arquivos
Sobre mim
pesquisar
 
favoritos

Escrever